Simulados de Concursos > Prova da POLÍCIA FEDERAL (PF) 3 - Questões e Simulados

Instruções


OBJETIVOS
Aprimorar os conhecimentos adquiridos durante os seus estudos, de forma a avaliar a sua aprendizagem, utilizando para isso as metodologias e critérios idênticos aos maiores e melhores concursos públicos do país.

PÚBLICO ALVO
Candidatos e/ou concursandos, que almejam aprovação no concurso da POLÍCIA FEDERAL - Analista Administrativo, para nível superior.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS QUESTÕES
1. Português
2. Informática
3. Atualidades
4. Administração
5. Gestão Pessoas
6. Administração Materiais
7. Administração Orçamentária
8. Licitação Lei 8.666
9. Estatística
10. Matemática Financeira
11. Arquivologia
12. Direito Constitucional
13. Direito Administrativo
590 alunos já responderam este simulado.

Texto 1: Utilize o texto abaixo para responder as questões de numero 1 a 4.

Como não usar o telefone celular

É fácil ironizar os possuidores de telefones celulares.
Mas é necessário descobrir a qual das cinco categorias eles
pertencem. Primeiro, vêm as pessoas fisicamente incapacitadas,
ainda que sua deficiência não seja visível, obrigadas a um
contato constante com o médico ou com o pronto-socorro.
Depois, vêm aqueles que, devido a graves deveres profissionais,
são obrigados a correr em qualquer emergência (capitães do
corpo de bombeiros, médicos, transplantadores de órgãos). Em
terceiro lugar, vêm os adúlteros. Só agora eles têm a
 possibilidade de receber ligações de seu parceiro secreto sem
que membros da família, secretárias ou colegas malintencionados
possam interceptar o telefonema.
 Todas as três categorias enumeradas até agora
merecem o nosso respeito: no caso das duas primeiras, não nos
importamos de ser perturbados em restaurantes ou durante uma
 cerimônia fúnebre, e os adúlteros tendem a ser muito discretos.
Seguem-se duas outras categorias que, ao contrário,
representam um risco. A primeira é composta de pessoas
 incapazes de ir a qualquer lugar se não tiverem a possibilidade
de conversar fiado acerca de frivolidades com amigos e
parentes de que acabaram de se separar. Elas nos incomodam,
 mas precisamos compreender sua terrível aridez interior,
agradecer por não estarmos em sua pele e, finalmente, perdoar.
A última categoria é composta de pessoas preocupadas
 em mostrar em público o quanto são solicitadas, especialmente
para complexas consultas a respeito dos negócios: as conversas
que somos obrigados a escutar em aeroportos ou restaurantes
 tratam de transações monetárias, atrasos na entrega de perfis
metálicos e outras coisas que, no entendimento de quem fala,
dão a impressão de que se trata de um verdadeiro Rockfeller.
 O que eles não sabem é que Rockfeller não precisa de
telefone celular, porque conta com um plantel de secretários tão
vasto e eficiente que, no máximo, se seu avô estiver morrendo,
 por exemplo, alguém chega e lhe sussurra alguma coisa no
ouvido. O homem poderoso é justamente aquele que não é
obrigado a atender todas as ligações, muito pelo contrário:
 nunca está para ninguém, como se diz.
Portanto, todo aquele que ostenta o celular como
símbolo de poder, na verdade, está declarando de público sua
 condição irreparável de subordinado, obrigado que é a pôr-se
em posição de sentido, mesmo quando está empenhado em um
abraço, a qualquer momento em que o chefe o chamar.

Umberto Eco. O segundo diário mínimo. Sergio Flaksman (Trad.).
Rio de Janeiro: Record, 1993, p. 194-6 (com adaptações).

(1,0) 1 -

O segundo período do texto 1 estaria de acordo com a norma gramatical caso fosse escrito da seguinte forma: É necessária, porém, a identificação da categoria à qual eles pertencem.

Certa.
Errada.
(1,0) 2 -

De acordo com o autor do texto 1, os que ostentam o celular como símbolo de poder são, de fato, pessoas irremediavelmente subordinadas a um chefe poderoso.

Certa.
Errada.
(1,0) 3 -

No segundo parágrafo do Texto 1, está implícita a idéia de que é possível que os usuários pertencentes às sete categorias utilizem o telefone celular em restaurantes e em cerimônias fúnebres.

Certa.
Errada.
(1,0) 4 -

O autor do Texto 1 só não ironiza as duas primeiras categorias de usuários de celular da classificação por ele estabelecida.

Certa.
Errada.
(1,0) 5 -

Com a substituição de você por um pronome de tratamento formal, a oração ''Quando um dia você ficar velho'' deverá, obedecendo à norma culta, transformar-se em: Quando um dia Vossa Excelência ficar velho.

Certa.
Errada.
(1,0) 6 -

Segundo as normas do vocabulário oficial, a separação silábica está corretamente efetuada em ambos os vocábulos: to-cas-sem; res-pon-dia.

Certa.
Errada.
(1,0) 7 -

Com estilo .......Rui Barbosa, escreveu cartas.......suas filhas, quando se encontrava.......pouca distância da fronteira. Se os espaços fossem preenchidos com (à - às - a) estaria correto a frase.

Certa.
Errada.
(1,0) 8 -

Recorreu .... irmã e .... ela se apegou como ...... uma tábua de salvação. Se os espaços fossem preenchidos com (à - a ? a) estaria correto a frase.

Certa.
Errada.
(1,0) 9 -

As palavras a seguir são formadas pelos mesmos processos parassintético, de prefixação e híbrido: infelizmente - anormal ? automóvel.

Certa.
Errada.
(1,0) 10 -

A seguinte frase esta corretamente pontuada: Muitas pessoas, às vezes, esquecem-se de seus compromissos.

Certa.
Errada.

« anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 próxima »

Marcadores

Prova da POLÍCIA FEDERAL (PF) 3 - Questões e Simulados - Marcador Verde Favorita
Prova da POLÍCIA FEDERAL (PF) 3 - Questões e Simulados - Marcador Azul Dúvida
Prova da POLÍCIA FEDERAL (PF) 3 - Questões e Simulados - Marcador Amarelo Acompanhar
Prova da POLÍCIA FEDERAL (PF) 3 - Questões e Simulados - Marcador Vermelho Polêmica
Prova da POLÍCIA FEDERAL (PF) 3 - Questões e Simulados - Marcador Laranja  Prova da POLÍCIA FEDERAL (PF) 3 - Questões e Simulados - Adicionar

Meus Marcadores

Fechar
498.485 Alunos | 3.942 Simulados | 44.532 Questões | 12.830 Comentários

Copyright © Simulado Brasil Concurso - 2011 - 2018 - Todos os direitos reservados.

⇑ topo