Prova do DEPEN - Questões e Simulados

Instruções


OBJETIVOS
Aprimorar os conhecimentos adquiridos durante os seus estudos, de forma a avaliar a sua aprendizagem, utilizando para isso as metodologias e critérios idênticos aos maiores e melhores concursos públicos do país.

PÚBLICO ALVO
Candidatos e/ou concursandos, que almejam aprovação no concurso do DEPEN - Agente Penitenciário Federal, para nível médio.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS QUESTÕES
1. Português
2. Informática
3. Redação Oficial
4. Direito Constitucional
5. Direito Administrativo
6. Direito Penal
7. Direito Processual Penal
8. Direitos Humanos

55 questões

2 horas e 45 minutos

716 concurseiros já realizaram este simulado.
(1,0) 1 -

Assinale a alternativa INCORRETA quanto à divisão silábica.

a) Ex – ces – so
b) Pes – qui – sa – dor
c) Sobre – po – si – ção
d) Cons – ta – ta – ção
e) Con – tra – tar
(1,0) 2 -

Assinale a única alternativa que apresenta dois encontros consonantais.

a) Professores
b) Problema
c) Trabalho
d) Qualquer
e) Processos
(1,0) 3 -

Assinale a única alternativa que apresenta apenas um encontro vocálico.

a) Relatórios
b) Violência
c) Regionais
d) Reuniões
e) Funcionários
(1,0) 4 -

Assinale a alternativa correta. Com relação à palavra AMAR, pode-se afirmar que:

a) m-' é o radical e '-a-' é a vogal temática, sendo '-r' a desinência do infinitivo.
b) am' é o prefixo verbal e '-ar' o radical que indica o tema verbal.
c) am' é o radical e '-ar' é o sufixo verbal que indica verbo no gerúndio.
d) am' é o radical e '-a-' é o determinante de gênero feminino, sendo '-r' a consoante de ligação.
e) a-' é o prefixo verbal e '-ma-' o radical, sendo '-r' a desinência de ligação.
(1,0) 5 -

O verbo indicado entre parênteses deverá flexionar-se numa forma do plural para preencher adequadamente a lacuna da frase:

a) Os ovos de que se ...... (compor) a omelete ilustram o caso em que a violência de um ato se justifica pela causa a que serve.
b) A todos os meios extremos ...... (costumar) corresponder, segundo os radicais, uma justificativa aceitável.
c) Mesmo aos maiores sádicos ...... (poder) ocorrer uma certa direção de argumentos para justificar seus horrores.
d) Agrada aos extremistas propagar que, a menos que se ...... (quebrar) ovos, nunca se fará uma omelete.
e) Aos sádicos ...... (dever) agradar ouvir os ovos quebrando-se, como preâmbulo de uma omelete.
(1,0) 6 -

Os ecos da Revolução do Porto haviam chegado ao Brasil e bastaram algumas semanas para inflamar os ânimos dos brasileiros e portugueses que cercavam a corte. Na manhã de 26 de fevereiro, uma multidão exigia a presença do rei no centro do Rio de Janeiro e a assinatura da Constituição liberal. Ao ouvir as notícias, a alguns quilômetros dali, D. João mandou fechar todas as janelas do palácio São Cristóvão, como fazia em noites de trovoadas. Pouco depois chegou o Príncipe D. Pedro, que passara a madrugada em conversas com os rebeldes. Vinha buscar o rei. D. João estava apavorado com a lembrança da ainda recente Revolução Francesa. Apesar do medo, D. João embarcou na carruagem que o aguardava e seguiu para o centro da cidade. A caminho, no entanto, percebeu que, em lugar de ofensas e gritos de protestos, a multidão aclamava seu nome. Ao contrário do odiado Luís XVI, o rei do Brasil era amado e querido pelo povo carioca. (Adaptado de Laurentino Gomes, 1808. São Paulo: Planeta, 2007) ... como fazia em noites de trovoadas. (1o parágrafo) O verbo flexionado nos mesmos tempo e modo em que se encontra o grifado acima está em:

a) Ao ouvir as notícias..
b) ... D. João embarcou na carruagem...
c) ... que passara a madrugada...
d) ... bastaram algumas semanas...
e) ... que o aguardava...
(1,0) 7 -

O verbo indicado entre parênteses deverá flexionar-se numa forma do singular para preencher corretamente a lacuna da frase:

a) Qualquer prática religiosa a que se ...... (dedicar) os fiéis costuma inspirar a necessidade de meditação.
b) justo que se ...... (atribuir) às práticas religiosas o benefício do estreitamento dos laços comunitários.
c) Não se deve deduzir que ...... (beneficiar) apenas a quem tem fé os momentos devotados à meditação.
d) A qualquer um ...... (trazer) prejuízo as altas dosagens de remédios antidepressivos.
e) Mesmo que não ...... (cultivar) determinada fé religiosa, os que se entregam à prática da meditação elevam-se espiritualmente.
(1,0) 8 -

Se 'amarão' sem saber... O verbo flexionado nos mesmos tempo e modo em que se encontra o grifado(entre parênteses) acima está em:

a) O Rio será...
b) Deixei pra você
c) O amor não tem pressa
d) Ele pode esperar...
e) Que nada é pra já
(1,0) 9 -

O verbo indicado entre parênteses deve flexionar-se em uma forma do singular para preencher de modo correto a lacuna da frase:

a) intolerável a extrema cautela que ...... (desejar) impor à prática do humor os defensores do 'politicamente correto'.
b) A cada vez que se ...... (propor) a legislar sobre o humor, os próprios legisladores se convertem em matéria de riso.
c) Ao pobre ou ao rico não ...... (costumar) reservar os humoristas piadas justas, mas tão somente engraçadas.
d) Diante da ação do humor ...... (haver) sempre de tremer os que querem ocultar suas fraquezas.
e) Aos palhaços do mundo não se ...... (determinar) limite para os risos que sabem provocar.
(1,0) 10 -

Mas o fato é /que transparência deixou de ser um processo de observação cristalina/ para assumir um discurso de políticas de averiguação de custos engessadas que pouco ou quase nada retratam as necessidades de populações distintas.' A oração grifada(entre /) no trecho acima classifica-se como:

a) subordinada substantiva predicativa.
b) subordinada adjetiva restritiva.
c) subordinada substantiva subjetiva.
d) subordinada substantiva objetiva direta.
e) subordinada adjetiva explicativa.
(1,0) 11 -

...qualquer compra exige três orçamentos e, posteriormente, o envio dos documentos a um contador.?' As expressões dos documentos e a um contador desempenham, respectivamente, as funções de

a) complemento nominal e complemento nominal.
b) objeto direto e objeto direto.
c) omplemento nominal e objeto indireto.
d) objeto indireto e objeto indireto.
e) objeto indireto e complemento nominal.
(1,0) 12 -

Assinale a alternativa em que a expressão em destaque (entre aspas) exerce ao mesmo tempo dupla função sintática.

a) Todos sabem que admiro 'futebol'.
b) O futebol ensina belas lições 'ao autor'.
c) O professor' decidiu defender a tese.
d) Pelé pensa 'rápido'.
e) Quantos prazeres 'da vida' não têm a mesma relação com o jogo?
(1,0) 13 -

Levando-se em conta as normas de concordância verbal e nominal, a única frase inteiramente correta é:

a) Se se acrescentar à tribo dos micreiros as tribos dos celuleiros, dos devedeiros etc., haverá de se incorporar à língua portuguesa muitos outros neologismos.
b) Como se não bastassem as dificuldades que muita gente vêm demonstrando no uso do vocabulário tradicional, eis que novas aquisições se fazem necessárias a cada momento, proveniente da tecnologia.
c) A velocidade com que surgem palavras relacionadas aos novos campos tecnológicos fazem com que muitos desanimem, confessando-se inábeis para sua utilização.
d) Estão entre as características do texto a citação de alguns neologismos e o divertido registro de algumas situações em que ocorreu ambivalência de sentido, testemunhadas pelo autor.
e) costume que se dissemine, sobretudo entre os mais velhos, alguns preconceitos contra o universo dos mais jovens, contra o vocabulário que entre estes se propagam com mais facilidade.
(1,0) 14 -

preciso corrigir, devido à má estruturação, a redação da seguinte frase:

a) Não se sabe a quem ocorreu a ideia, uma vez que condomínios de luxo certamente não combinam com sucata, de que usaram como base de anúncio.
b) Alguém, num momento infeliz, teve a lamentável ideia de usar carros velhos como suporte de propaganda para a venda de imóveis de luxo.
c) Definitivamente, quem procura imóvel com espaço gourmet ou depósito de vinho individual não se deixará atrair pela propaganda apoiada num velho Opala de cor berrante.
d) Os homens-placa ficam ensanduichados entre tábuas ou pranchas de metal, transportando-as pelas ruas reduzidos à condições de suporte.
e) Sensibilizou-se o autor do texto com a condição humilhante desses homens e mulheres-placa, tratados como se fossem coisas, destituídos de sua humanidade.
(1,0) 15 -

A exclusão das vírgulas NÃO alterará o sentido da seguinte frase:

a) O fracasso do comunismo, na prática, acabou com a desculpa para o stalinismo.
b) Quem recorre aos meios extremos, condenados pelos democratas, costuma dá-los como necessários.
c) Até mesmo os sádicos se valem, aqui e ali, de argumentos dados como irrefutáveis.
d) Mesmo os stalinistas, que não acreditavam nesses horrores, passaram a execrar seu velho ídolo.
e) As metáforas, que costumam tornar mais concretas as ideias, são úteis e expressivas.

« anterior 1 2 3 4 próxima »

Marcadores

Prova do DEPEN - Questões e Simulados - Marcador Verde Favorita
Prova do DEPEN - Questões e Simulados - Marcador Azul Dúvida
Prova do DEPEN - Questões e Simulados - Marcador Amarelo Acompanhar
Prova do DEPEN - Questões e Simulados - Marcador Vermelho Polêmica
Prova do DEPEN - Questões e Simulados - Marcador Laranja  Prova do DEPEN - Questões e Simulados - Adicionar

Meus Marcadores

Fechar
219.875 Concurseiros | 3.022 Simulados | 36.060 Questões | 9.740 Comentários

Copyright © Simulado Brasil Concurso - 2011 - 2014 - Todos os direitos reservados.

⇑ topo