Início > Questões de Concursos, OAB e ENEM

  
  
  
    
  
  
517 questões encontradas.
Cód: 39828  Prova: ENEM   Banca: INEP   Matéria: Ciências Humanas e suas Tecnologias (ENEM)
Dificuldade: Fácil   Vezes Respondidas: 1   Acertos: 100.00%   Faça o login para ver suas estastísticas Fácil

      Se, pois, para as coisas que fazemos existe um fim que desejamos por ele mesmo e tudo o mais é desejado no interesse desse fim; evidentemente tal fim será o bem, ou antes, o sumo bem. Mas não terá o conhecimento, porventura, grande influência sobre essa vida? Se assim é, esforcemo-nos por determinar, ainda que em linhas gerais apenas, o que seja ele e de qual das ciências ou faculdades constitui o objeto. Ninguém duvidará de que o seu estudo pertença à arte mais prestigiosa e que mais verdadeiramente se pode chamar a arte mestra. Ora, a política mostra ser dessa natureza, pois é ela que determina quais as ciências que devem ser estudadas num Estado, quais são as que cada cidadão deve aprender, e até que ponto; e vemos que até as faculdades tidas em maior apreço, como a estratégia, a economia e a retórica, estão sujeitas a ela. Ora, como a política utiliza as demais ciências e, por outro lado, legisla sobre o que devemos e o que não devemos fazer, a finalidade dessa ciência deve abranger as das outras, de modo que essa finalidade será o bem humano.

ARISTÓTELES. Ética a Nicômaco. In: Pensadores. São Paulo: Nova Cultural, 1991 (adaptado).

 

Para Aristóteles, a relação entre o sumo bem e a organização da pólis pressupõe que

a)

b)

o sumo bem é dado pela fé de que os deuses são os portadores da verdade.

c)

a política é a ciência que precede todas as demais na organização da cidade. 

d)

a educação visa formar a consciência de cada pessoa para agir corretamente.

e)

a democracia protege as atividades políticas necessárias para o bem comum.


Responder
Marcar questão para impressão. Notificar Erro
Cód: 39827  Prova: ENEM   Banca: INEP   Matéria: Ciências Humanas e suas Tecnologias (ENEM)
Dificuldade: Fácil   Vezes Respondidas: 2   Acertos: 0.00%   Faça o login para ver suas estastísticas Fácil

      Uma conversação de tal natureza transforma o ouvinte; o contato de Sócrates paralisa e embaraça; leva a refletir sobre si mesmo, a imprimir à atenção uma direção incomum: os temperamentais, como Alcibíades, sabem que encontrarão junto dele todo o bem de que são capazes, mas fogem porque receiam essa influência poderosa, que os leva a se censurarem. É sobretudo a esses jovens, muitos quase crianças, que ele tenta imprimir sua orientação.

                                                    BRÉHIER, E. História da filosofia. São Paulo: Mestre Jou, 1977.

 

O texto evidencia características do modo de vida socrático, que se baseava na

a)

 

 

b)

sustentação do método dialético.

c)

relativização do saber verdadeiro.

d)

valorização da argumentação retórica.

e)

investigação dos fundamentos da natureza.


Responder
Marcar questão para impressão. Notificar Erro
Cód: 39826  Prova: ENEM   Banca: INEP   Matéria: Ciências Humanas e suas Tecnologias (ENEM)
Dificuldade: Fácil   Vezes Respondidas: 1   Acertos: 0.00%   Faça o login para ver suas estastísticas Fácil

      A representação de Demócrito é semelhante à de Anaxágoras, na medida em que um infinitamente múltiplo é a origem; mas nele a determinação dos princípios fundamentais aparece de maneira tal que contém aquilo que para o que foi formado não é, absolutamente, o aspecto simples para si. Por exemplo, partículas de carne e de ouro seriam princípios que, através de sua concentração, formam aquilo que aparece como figura.

HEGEL, G. W. F. Crítica moderna. In: SOUZA, J. C. (Org.). Os pré-socráticos: vida e obra. São Paulo: Nova Cultural, 2000 (adaptado).

 

O texto faz uma apresentação crítica acerca do pensamento de Demócrito, segundo o qual o “princípio constitutivo das coisas” estava representado pelo(a)

a)

número, que fundamenta a criação dos deuses.

b)

devir, que simboliza o constante movimento dos objetos.

c)

água, que expressa a causa material da origem do universo.

d)

imobilidade, que sustenta a existência do ser atemporal. 

e)

átomo, que explica o surgimento dos entes.


Responder
Marcar questão para impressão. Notificar Erro
Cód: 39825  Prova: ENEM   Banca: INEP   Matéria: Ciências Humanas e suas Tecnologias (ENEM)
Dificuldade: Fácil   Vezes Respondidas: 1   Acertos: 100.00%   Faça o login para ver suas estastísticas Fácil

      Fala-se muito nos dias de hoje em direitos do homem. Pois bem: foi no século XVIII — em 1789, precisamente — que uma Assembleia Constituinte produziu e proclamou em Paris a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão. Essa Declaração se impôs como necessária para um grupo de revolucionários, por ter sido preparada por uma mudança no plano das ideias e das mentalidades: o lluminismo.

        FORTES, L. R. S. O lluminismo e os reis filósofos. São Paulo: Brasiliense, 1981 (adaptado).

 

Correlacionando temporalidades históricas, o texto apresenta uma concepção de pensamento que tem como uma de suas bases a

a)

modernização da educação escolar.

b)

atualização da disciplina moral cristã.

c)

divulgação de costumes aristocráticos.

d)

socialização do conhecimento científico.

e)

universalização do princípio da igualdade civil.


Responder
Marcar questão para impressão. Notificar Erro
Cód: 39824  Prova: ENEM   Banca: INEP   Matéria: Ciências Humanas e suas Tecnologias (ENEM)
Dificuldade: Fácil   Vezes Respondidas: 0   Acertos: 0.00%   Faça o login para ver suas estastísticas Fácil

      A moralidade, Bentham exortava, não é uma questão de agradar a Deus, muito menos de fidelidade a regras abstratas. A moralidade é a tentativa de criar a maior quantidade de felicidade possível neste mundo. Ao decidir o que fazer, deveríamos, portanto, perguntar qual curso de conduta promoveria a maior quantidade de felicidade para todos aqueles que serão afetados.

                                     RACHELS, J. Os elementos dafilosofia moral. Barueri-SP: Manole, 2006.

 

Os parâmetros da ação indicados no texto estão em conformidade com uma

a)

fundamentação científica de viés positivista.

b)

convenção social de orientação normativa.

c)

transgressão comportamental religiosa.

d)

racionalidade de caráter pragmático.

e)

inclinação de natureza passional.


Responder
Marcar questão para impressão. Notificar Erro

« anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10103 104 próxima »

485.671 Alunos | 3.692 Simulados | 42.027 Questões | 12.764 Comentários

Copyright © Simulado Brasil Concurso - 2011 - 2018 - Todos os direitos reservados.

⇑ topo