Início > Questões de Concursos, OAB e ENEM

  
  
  
    
  
  
517 questões encontradas.
Cód: 39823  Prova: ENEM   Banca: INEP   Matéria: Ciências Humanas e suas Tecnologias (ENEM)
Dificuldade: Fácil   Vezes Respondidas: 0   Acertos: 0.00%   Faça o login para ver suas estastísticas Fácil

      No período anterior ao golpe militar de 1964, os documentos episcopais indicavam para os bispos que o desenvolvimento econômico, e claramente o desenvolvimento capitalista, orientando-se no sentido da justa distribuição da riqueza, resolveria o problema da miséria rural e, consequentemente, suprimiria a possibilidade do proselitismo e da expansão comunista entre os camponeses. Foi nesse sentido que o golpe de Estado, de 31 de março de 1964, foi acolhido pela Igreja.

MARTINS, J.S. A política do Brasil: lúmpen e místico. São Paulo: Contexto, 2011 (adaptado).

 

Em que pesem as divergências no interior do clero após a instalação da ditadura civil-militar, o posicionamento mencionado no texto fundamentou-se no entendimento da hierarquia católica de que o(a)

a)

luta de classes é estimulada pelo livre mercado. 

b)

poder oligárquico é limitado pela ação do Exército.

c)

doutrina cristã é beneficiada pelo atraso do interior.

d)

espaço político é dominado pelo interesse empresarial.

e)

manipulação ideológica é favorecida pela privação material.


Responder
Marcar questão para impressão. Notificar Erro
Cód: 39822  Prova: ENEM   Banca: INEP   Matéria: Ciências Humanas e suas Tecnologias (ENEM)
Dificuldade: Fácil   Vezes Respondidas: 0   Acertos: 0.00%   Faça o login para ver suas estastísticas Fácil

      O instituto popular, de acordo com o exame da razão, fez da figura do alferes Xavier o principal dos inconfidentes, e colocou os seus parceiros a meia ração de glória. Merecem, de certo, a nossa estima aqueles outros; eram patriotas. Mas o que se ofereceu a carregar com os pecadores de Israel, o que chorou de alegria quando viu comutada a pena de morte dos seus companheiros, pena que só ia ser executada nele, o enforcado, o esquartejado, o decapitado, esse tem de receber o prêmio na proporção do martírio, e ganhar por todos, visto que pagou por todos.

                                                                           ASSIS, M. Gazeta de Notícias, n. 114, 24 abr. 1892.

 

No processo de transição para a República, a narrativa machadiana sobre a Inconfidência Mineira associa

a)

redenção cristã e cultura cívica.

b)

veneração aos santos e radicalismo militar.

c)

apologia aos protestantes e culto ufanista. 

d)

tradição messiânica e tendência regionalista.

e)

representação eclesiástica e dogmatismo ideológico.


Responder
Marcar questão para impressão. Notificar Erro
Cód: 39821  Prova: ENEM   Banca: INEP   Matéria: Ciências Humanas e suas Tecnologias (ENEM)
Dificuldade: Fácil   Vezes Respondidas: 0   Acertos: 0.00%   Faça o login para ver suas estastísticas Fácil

      Estão aí, como se sabe, dois candidatos à presidência, os senhores Eduardo Gomes e Eurico Dutra, e um terceiro, o senhor Getúlio Vargas, que deve ser candidato de algum grupo político oculto, mas é também o candidato popular. Porque há dois “queremos”: o “queremos” dos que querem ver se continuam nas posições e o “queremos” popular... Afinal, o que é que o senhor Getúlio Vargas é? É fascista? É comunista? É ateu? É cristão? Quer sair? Quer ficar? O povo, entretanto, parece que gosta dele por isso mesmo, porque ele é “à moda da casa”.

 

A Democracia. 16 set. 1945, apud GOMES, A. C.; D’ARAÚJO, M. C. Getulismo e trabalhismo. São Paulo: Ática, 1989.

 

O movimento político mencionado no texto caracterizou-se por

a)

reclamar a participação das agremiações partidárias. 

b)

apoiar a permanência da ditadura estadonovista.

c)

demandar a confirmação dos direitos trabalhistas.

d)

reivindicar a transição constitucional sob influência do governante. 

e)

resgatar a representatividade dos sindicatos sob controle social.


Responder
Marcar questão para impressão. Notificar Erro
Cód: 39820  Prova: ENEM   Banca: INEP   Matéria: Ciências Humanas e suas Tecnologias (ENEM)
Dificuldade: Fácil   Vezes Respondidas: 0   Acertos: 0.00%   Faça o login para ver suas estastísticas Fácil

      Durante o Estado Novo, os encarregados da propaganda procuraram aperfeiçoar-se na arte da empolgação e envolvimento das “multidões” através das mensagens políticas. Nesse tipo de discurso, o significado das palavras importa pouco, pois, como declarou Goebbels, “não falamos para dizer alguma coisa, mas para obter determinado efeito”.

CAPELATO, M. H. Propaganda política e controle dos meios de comunicação. In: PANDOLFI, D. (Org.). Repensando o Estado Novo. Rio de Janeiro: FGV, 1999.

 

O controle sobre os meios de comunicação foi uma marca do Estado Novo, sendo fundamental à propaganda política, na medida em que visava 

a)

conquistar o apoio popular na legitimação do novo governo.

b)

ampliar o envolvimento das multidões nas decisões políticas.

c)

aumentar a oferta de informações públicas para a sociedade civil.

d)

estender a participação democrática dos meios de comunicação no Brasil.

e)

alargar o entendimento da população sobre as intenções do novo governo.


Responder
Marcar questão para impressão. Notificar Erro
Cód: 39819  Prova: ENEM   Banca: INEP   Matéria: Ciências Humanas e suas Tecnologias (ENEM)
Dificuldade: Fácil   Vezes Respondidas: 0   Acertos: 0.00%   Faça o login para ver suas estastísticas Fácil

                           

 

A fotografia, datada de I860, é um indício da cultura escravista no Brasil, ao expressar a

a)

ambiguidade do trabalho doméstico exercido pela ama de leite, desenvolvendo uma relação de proximidade e subordinação em relação aos senhores.

b)

integração dos escravos aos valores das classes médias, cultivando a família como pilar da sociedade imperial.

c)

melhoria das condições de vida dos escravos observada pela roupa luxuosa, associando o trabalho doméstico a privilégios para os cativos.

d)

esfera da vida privada, centralizando a figura feminina para afirmar o trabalho da mulher na educação letrada dos infantes.

e)

distinção étnica entre senhores e escravos, demarcando a convivência entre estratos sociais como meio para superar a mestiçagem.


Responder
Marcar questão para impressão. Notificar Erro

« anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10103 104 próxima »

485.671 Alunos | 3.692 Simulados | 42.027 Questões | 12.764 Comentários

Copyright © Simulado Brasil Concurso - 2011 - 2018 - Todos os direitos reservados.

⇑ topo