Início > Questões de Concursos, OAB e ENEM

  
  
  
    
  
  
435 questões encontradas.
Cód: 25738  Prova: ENEM   Banca: INEP   Matéria: Ciências da Natureza e suas Tecnologias - Biologia (ENEM)
Dificuldade: Fácil   Vezes Respondidas: 15   Acertos: 60.00%   Faça o login para ver suas estastísticas Fácil

Os vaga-lumes machos e fêmeas emitem sinais luminosos para se atraírem para o acasalamento. O macho reconhece a fêmea de sua espécie e, atraído por ela, vai ao seu encontro. Porém, existe um tipo de vaga-lume, o Photuris, cuja fêmea engana e atrai os machos de outro tipo, o Photinus, fingindo ser desse gênero. Quando o macho Photinus se aproxima da fêmea Photuris, muito maior que ele, é atacado e devorado por ela. 
BERTOLDI, O. G.; VASCONCELLOS, J. R. Ciência & sociedade: a aventura da vida, a aventura da tecnologia. São Paulo: Scipione, 2000 (adaptado). 

A relação descrita no texto, entre a fêmea do gênero Photuris e o macho do gênero Photinus, é um exemplo de

a)

comensalismo.

b)

inquilinismo.

c)

cooperação.

d)

predatismo.

e)

mutualismo.


Responder
Marcar questão para impressão. Notificar Erro
Cód: 25737  Prova: ENEM   Banca: INEP   Matéria: Ciências da Natureza e suas Tecnologias - Biologia (ENEM)
Dificuldade: Dificil   Vezes Respondidas: 7   Acertos: 14.29%   Faça o login para ver suas estastísticas Difícil

Segundo dados do Balanço Energético Nacional de 2008, do Ministério das Minas e Energia, a matriz energética brasileira é composta por hidrelétrica (80%), termelétrica (19,9%) e eólica (0,1%). Nas termelétricas, esse percentual é dividido conforme o combustível usado, sendo: gás natural (6,6%), biomassa (5,3%), derivados de petróleo (3,3%), energia nuclear (3,1%) e carvão mineral (1,6%). Com a geração de eletricidade da biomassa, pode-se considerar que ocorre uma compensação do carbono liberado na queima do material vegetal pela absorção desse elemento no crescimento das plantas. Entretanto, estudos indicam que as emissões de metano (CH4) das hidrelétricas podem ser comparáveis às emissões de COdas termelétricas. 
MORET, A. S.; FERREIRA, I. A. As hidrelétricas do Rio Madeira e os impactos socioambientais da eletrificação no Brasil. Revista Ciência Hoje. V. 45, n° 265, 2009 (adaptado). 

No Brasil, em termos do impacto das fontes de energia no crescimento do efeito estufa, quanto à emissão de gases, as hidrelétricas seriam consideradas como uma fonte

a)

limpa de energia, contribuindo para minimizar os efeitos deste fenômeno.

b)

eficaz de energia, tomando-se o percentual de oferta e os benefícios verificados.

c)

limpa de energia, não afetando ou alterando os níveis dos gases do efeito estufa.

d)

poluidora, colaborando com níveis altos de gases de efeito estufa em função de seu potencial de oferta.

e)

alternativa, tomando-se por referência a grande emissão de gases de efeito estufa das demais fontes geradoras.


Responder
Marcar questão para impressão. Notificar Erro
Cód: 25736  Prova: ENEM   Banca: INEP   Matéria: Ciências da Natureza e suas Tecnologias - Biologia (ENEM)
Dificuldade: Média   Vezes Respondidas: 10   Acertos: 40.00%   Faça o login para ver suas estastísticas Médio

Moradores sobreviventes da tragédia que destruiu aproximadamente 60 casas no Morro do Bumba, na Zona Norte de Niterói (RJ), ainda defendem a hipótese de o deslizamento ter sido causado por uma explosão provocada por gás metano, visto que esse local foi um lixão entre os anos 1960 e 1980.
Jornal Web. Disponível em: http://www.ojornalweb.com. Acesso em: 12 abr. 2010 (adaptado). 

O gás mencionado no texto é produzido

a)

como subproduto da respiração aeróbia bacteriana.

b)

pela degradação anaeróbia de matéria orgânica por bactérias.

c)

como produto da fotossíntese de organismos pluricelulares autotróficos.

d)

pela transformação química do gás carbônico em condições anaeróbias.

e)

pela conversão, por oxidação química, do gás carbônico sob condições aeróbias.


Responder
Marcar questão para impressão. Notificar Erro
Cód: 25735  Prova: ENEM   Banca: INEP   Matéria: Ciências da Natureza e suas Tecnologias - Biologia (ENEM)
Dificuldade: Fácil   Vezes Respondidas: 5   Acertos: 80.00%   Faça o login para ver suas estastísticas Fácil

Diferente do que o senso comum acredita, as lagartas de borboletas não possuem voracidade generalizada. Um estudo mostrou que as borboletas de asas transparentes da família Ithomiinae, comuns na Floresta Amazônica e na Mata Atlântica, consomem, sobretudo, plantas da família Solanaceae, a mesma do tomate. Contudo, os ancestrais dessas borboletas consumiam espécies vegetais da família Apocinaceae, mas a quantidade dessas plantas parece não ter sido suficiente para garantir o suprimento alimentar dessas borboletas. Dessa forma, as solanáceas tornaram-se uma opção de alimento, pois são abundantes na Mata Atlântica e na Floresta Amazônica. 
Cores ao vento. Genes e fósseis revelam origem e diversidade de borboletas sul-americanas. 
Revista Pesquisa FAPESP. N° 170, 2010 (adaptado).

Nesse texto, a ideia do senso comum é confrontada com os conhecimentos científicos, ao se entender que as larvas das borboletas Ithomiinae encontradas atualmente na Mata Atlântica e na Floresta Amazônica, apresentam

a)

facilidade em digerir todas as plantas desses locais.

b)

interação com as plantas hospedeiras da família Apocinaceae.

c)

adaptação para se alimentar de todas as plantas desses locais.

d)

voracidade indiscriminada por todas as plantas existentes nesses locais.

e)

especificidade pelas plantas da família Solanaceae existentes nesses locais.


Responder
Marcar questão para impressão. Notificar Erro
Cód: 25734  Prova: ENEM   Banca: INEP   Matéria: Ciências da Natureza e suas Tecnologias - Biologia (ENEM)
Dificuldade: Média   Vezes Respondidas: 4   Acertos: 75.00%   Faça o login para ver suas estastísticas Médio

Os biocombustíveis de primeira geração são derivados da soja, milho e cana-de-açúcar e sua produção ocorre através da fermentação. Biocombustíveis derivados de material celulósico ou biocombustíveis de segunda geração — coloquialmente chamados de “gasolina de capim” — são aqueles produzidos a partir de resíduos de madeira (serragem, por exemplo), talos de milho, palha de trigo ou capim de crescimento rápido e se apresentam como uma alternativa para os problemas enfrentados pelos de primeira geração, já que as matérias-primas são baratas e abundantes. 
DALE, B. E.; HUBER, G. W. Gasolina de capim e outros vegetais. 
Scientific American Brasil. Ago. 2009, n° 87 (adaptado). 

O texto mostra um dos pontos de vista a respeito do uso dos biocombustíveis na atualidade, os quais

a)

são matrizes energéticas com menor carga de poluição para o ambiente e podem propiciar a geração de novos empregos, entretanto, para serem oferecidos com baixo custo, a tecnologia da degradação da celulose nos biocombustíveis de segunda geração deve ser extremamente eficiente.

b)

oferecem múltiplas dificuldades, pois a produção é de alto custo, sua implantação não gera empregos, e deve-se ter cuidado com o risco ambiental, pois eles oferecerem os mesmos riscos que o uso de combustíveis fósseis.

c)

sendo de segunda geração, são produzidos por uma tecnologia que acarreta problemas sociais, sobretudo decorrente do fato de a matéria-prima ser abundante e facilmente encontrada, o que impede a geração de novos empregos.

d)

sendo de primeira e segunda geração, são produzidos por tecnologias que devem passar por uma avaliação criteriosa quanto ao uso, pois uma enfrenta o problema da falta de espaço para plantio da matéria-prima e a outra impede a geração de novas fontes de emprego.

e)

podem acarretar sérios problemas econômicos e sociais, pois a substituição do uso de petróleo afeta negativamente toda uma cadeia produtiva na medida em que exclui diversas fontes de emprego nas refinarias, postos de gasolina e no transporte de petróleo e gasolina.


Responder
Marcar questão para impressão. Notificar Erro

« anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 1086 87 próxima »

404.404 Alunos | 3.344 Simulados | 39.112 Questões | 11.984 Comentários

Copyright © Simulado Brasil Concurso - 2011 - 2017 - Todos os direitos reservados.

⇑ topo