Simulados de Concursos > Prova ENEM - Ciências da Natureza e suas Tecnologias - Biologia (ENEM) 5 - Questões e Simulados

Instruções


OBJETIVOS

Aprimorar os conhecimentos adquiridos durante os seus estudos, de forma a avaliar a sua aprendizagem, utilizando para isso as metodologias e critérios idênticos aos maiores e melhores concursos públicos do país, através de simulados, provas e questões de concursos.

PÚBLICO ALVO

Candidatos e/ou concursandos, que almejam aprovação em concursos públicos de nível Médio do concurso ENEM.

SOBRE AS QUESTÕES

Este simulado contém questões da banca INEP, para nível Médio do cargo de Diversos. Auxiliando em sua aprovação no concurso público escolhido. Utilizamos provas de concursos anteriores, conforme editais mais recentes ENEM.

*CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DA PROVA-SIMULADO- QUESTÕES de Ciências da Natureza e suas Tecnologias - Biologia (ENEM) 5 do concurso ENEM.

1. Questões de Moléculas, células e tecidos \u2013 Estrutura e fisiologia celular: membrana, citoplasma e núcleo.
2. Questões de Divisão celular.
3. Questões de Aspectos bioquímicos das estruturas celulares.
4. Questões de Aspectos gerais do metabolismo celular.
5. Questões de Metabolismo energético: fotossíntese e respiração.
6. Questões de Codificação da informação genética.
7. Questões de Síntese protéica.
8. Questões de Diferenciação celular.
9. Questões de Principais tecidos animais e vegetais.
10. Questões de Origem e evolução das células.
11. Questões de Noções sobre células-tronco, clonagem e tecnologia do DNA recombinante.
12. Questões de Aplicações de biotecnologia na produção de alimentos, fármacos e componentes biológicos.
13. Questões de Aplicações de tecnologias relacionadas ao DNA a investigações científicas, determinação da paternidade, investigação criminal e identificação de indivíduos.
14. Questões de Aspectos éticos relacionados ao desenvolvimento biotecnológico.
15. Questões de Biotecnologia e sustentabilidade.
16. Questões de Hereditariedade e diversidade da vida \u2013 Princípios básicos que regem a transmissão de características hereditárias.
17. Questões de Concepções pré-mendelianas sobre a hereditariedade.
18. Questões de Aspectos genéticos do funcionamento do corpo humano.
19. Questões de Antígenos e anticorpos.
20. Questões de Grupos sanguíneos, transplantes e doenças autoimunes.
21. Questões de Neoplasias e a influência de fatores ambientais.
22. Questões de Mutações gênicas e cromossômicas.
23. Questões de Aconselhamento genético.
24. Questões de Fundamentos genéticos da evolução.
25. Questões de Aspectos genéticos da formação e manutenção da diversidade biológica.
26. Questões de Identidade dos seres vivos \u2013 Níveis de organização dos seres vivos.
27. Questões de Vírus, procariontes e eucariontes.
28. Questões de Autótrofos e heterótrofos.
29. Questões de Seres unicelulares e pluricelulares.
30. Questões de Sistemática e as grandes linhas da evolução dos seres vivos.
31. Questões de Tipos de ciclo de vida.
32. Questões de Evolução e padrões anatômicos e fisiológicos observados nos seres vivos.
33. Questões de Funções vitais dos seres vivos e sua relação com a adaptação desses organismos a diferentes ambientes.
34. Questões de Embriologia, anatomia e fisiologia humana.
35. Questões de Evolução humana.
36. Questões de Biotecnologia e sistemática.
37. Questões de Ecologia e ciências ambientais \u2013 Ecossistemas.
38. Questões de Fatores bióticos e abióticos.
39. Questões de Habitat e nicho ecológico.
40. Questões de A comunidade biológica: teia alimentar, sucessão e comunidade clímax.
41. Questões de Dinâmica de populações.
42. Questões de Interações entre os seres vivos.
43. Questões de Ciclos biogeoquímicos.
44. Questões de Fluxo de energia no ecossistema.
45. Questões de Biogeografia.
46. Questões de Biomas brasileiros.
47. Questões de Exploração e uso de recursos naturais.
48. Questões de Problemas ambientais: mudanças climáticas, efeito estufa; desmatamento; erosão; poluição da água, do solo e do ar.
49. Questões de Conservação e recuperação de ecossistemas.
50. Questões de Conservação da biodiversidade.
51. Questões de Tecnologias ambientais.
52. Questões de Noções de saneamento básico.
53. Questões de Noções de legislação ambiental: água, florestas, unidades de conservação; biodiversidade.
54. Questões de Origem e evolução da vida \u2013 A biologia como ciência: história, métodos, técnicas e experimentação.
55. Questões de Hipóteses sobre a origem do Universo, da Terra e dos seres vivos.
56. Questões de Teorias de evolução.
57. Questões de Explicações pré-darwinistas para a modificação das espécies.
58. Questões de A teoria evolutiva de Charles Darwin.
59. Questões de Teoria sintética da evolução.
60. Questões de Seleção artificial e seu impacto sobre ambientes naturais e sobre populações humanas.
61. Questões de Qualidade de vida das populações humanas \u2013 Aspectos biológicos da pobreza e do desenvolvimento humano.
62. Questões de Indicadores sociais, ambientais e econômicos.
63. Questões de Índice de desenvolvimento humano.
64. Questões de Principais doenças que afetam a população brasileira: caracterização, prevenção e profilaxia. Noções de primeiros socorros.
65. Questões de Doenças sexualmente transmissíveis.
66. Questões de Aspectos sociais da biologia: uso indevido de drogas; gravidez na adolescência; obesidade.
67. Questões de Violência e segurança pública.
68. Questões de Exercícios físicos e vida saudável.
69. Questões de Aspectos biológicos do desenvolvimento sustentável.
70. Questões de Legislação e cidadania.


* Nem todos os assuntos serão abordados neste simulado de prova e questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias - Biologia (ENEM) 5.
56 alunos já responderam este simulado.
(1,0) 1 -

Não é nova a idéia de se extrair energia dos oceanos aproveitando-se a diferença das marés alta e baixa. Em 1967, os franceses instalaram a primeira usina “maré-motriz”, construindo uma barragem equipada de 24 turbinas, aproveitando-se a potência máxima instalada de 240 MW, suficiente para a demanda de uma cidade com 200 mil habitantes. Aproximadamente 10% da potência total instalada são demandados pelo consumo residencial. Nessa cidade francesa, aos domingos, quando parcela dos setores industrial e comercial pára, a demanda diminui 40%. Assim, a produção de energia correspondente à demanda aos domingos será atingida mantendo-se 
I todas as turbinas em funcionamento, com 60% da capacidade máxima de produção de cada uma delas. 
II a metade das turbinas funcionando em capacidade máxima e o restante, com 20% da capacidade máxima. 
III quatorze turbinas funcionando em capacidade máxima, uma com 40% da capacidade máxima e as demais desligadas. 
Está correta a situação descrita

a)

apenas em I.

b)

apenas em II.

c)

apenas em I e III.

d)

apenas em II e III.

e)

em I, II e III.

(1,0) 2 -

Em certas regiões litorâneas, o sal é obtido da água do mar pelo processo de cristalização por evaporação. Para o desenvolvimento dessa atividade, é mais adequado um local

a)

plano, com alta pluviosidade e pouco vento.

b)

plano, com baixa pluviosidade e muito vento.

c)

plano, com baixa pluviosidade e pouco vento.

d)

montanhoso, com alta pluviosidade e muito vento.

e)

montanhoso, com baixa pluviosidade e pouco vento.

(1,0) 3 -

Diretores de uma grande indústria siderúrgica, para evitar o desmatamento e adequar a empresa às normas de proteção ambiental, resolveram mudar o combustível dos fornos da indústria. O carvão vegetal foi então substituído pelo carvão mineral. Entretanto, foram observadas alterações ecológicas graves em um riacho das imediações, tais como a morte dos peixes e dos vegetais ribeirinhos. Tal fato pode ser justificado em decorrência

a)

da diminuição de resíduos orgânicos na água do riacho, reduzindo a demanda de oxigênio na água.

b)

do aquecimento da água do riacho devido ao monóxido de carbono liberado na queima do carvão.

c)

da formação de ácido clorídrico no riacho a partir de produtos da combustão na água, diminuindo o pH.

d)

do acúmulo de elementos no riacho, tais como, ferro, derivados do novo combustível utilizado.

e)

da formação de ácido sulfúrico no riacho a partir dos óxidos de enxofre liberados na combustão.

(1,0) 4 -

As cobras estão entre os animais peçonhentos que mais causam acidentes no Brasil, principalmente na área rural. As cascavéis (Crotalus), apesar de extremamente venenosas, são cobras que, em relação a outras espécies, causam poucos acidentes a humanos. Isso se deve ao ruído de seu “chocalho”, que faz com que suas vítimas percebam sua presença e as evitem. Esses animais só atacam os seres humanos para sua defesa e se alimentam de pequenos roedores e aves. Apesar disso, elas têm sido caçadas continuamente, por serem facilmente detectadas. 
Ultimamente os cientistas observaram que essas cobras têm ficado mais silenciosas, o que passa a ser um problema, pois, se as pessoas não as percebem, aumentam os riscos de acidentes.
A explicação darwinista para o fato de a cascavel estar ficando mais silenciosa é que

a)

a necessidade de não ser descoberta e morta mudou seu comportamento.

b)

as alterações no seu código genético surgiram para aperfeiçoá-la.

c)

as mutações sucessivas foram acontecendo para que ela pudesse adaptar-se.

d)

as variedades mais silenciosas foram selecionadas positivamente.

e)

as variedades sofreram mutações para se adaptarem à presença de seres humanos.

(1,0) 5 -

Há quatro séculos alguns animais domésticos foram introduzidos na Ilha da Trindade como "reserva de alimento". Porcos e cabras soltos davam boa carne aos navegantes de passagem, cansados de tanto peixe no cardápio. Entretanto, as cabras consumiram toda a vegetação rasteira e ainda comeram a casca dos arbustos sobreviventes. Os porcos revolveram raízes e a terra na busca de semente. Depois de consumir todo o verde, de volta ao estado selvagem, os porcos passaram a devorar qualquer coisa: ovos de tartarugas, de aves marinhas, caranguejos e até cabritos pequenos. 

Com base nos fatos acima, pode-se afirmar que

a)

a introdução desses animais domésticos, trouxe, com o passar dos anos, o equilíbrio ecológico.

b)

o ecossistema da Ilha da Trindade foi alterado, pois não houve uma interação equilibrada entre os seres vivos.

c)

a principal alteração do ecossistema foi a presença dos homens, pois animais nunca geram desequilíbrios no ecossistema.

d)

o desequilíbrio só apareceu quando os porcos começaram a comer os cabritos pequenos.

e)

o aumento da biodiversidade, a longo prazo, foi favorecido pela introdução de mais dois tipos de animais na ilha.

(1,0) 6 -

Os biocombustíveis de primeira geração são derivados da soja, milho e cana-de-açúcar e sua produção ocorre através da fermentação. Biocombustíveis derivados de material celulósico ou biocombustíveis de segunda geração — coloquialmente chamados de “gasolina de capim” — são aqueles produzidos a partir de resíduos de madeira (serragem, por exemplo), talos de milho, palha de trigo ou capim de crescimento rápido e se apresentam como uma alternativa para os problemas enfrentados pelos de primeira geração, já que as matérias-primas são baratas e abundantes. 
DALE, B. E.; HUBER, G. W. Gasolina de capim e outros vegetais. 
Scientific American Brasil. Ago. 2009, n° 87 (adaptado). 

O texto mostra um dos pontos de vista a respeito do uso dos biocombustíveis na atualidade, os quais

a)

são matrizes energéticas com menor carga de poluição para o ambiente e podem propiciar a geração de novos empregos, entretanto, para serem oferecidos com baixo custo, a tecnologia da degradação da celulose nos biocombustíveis de segunda geração deve ser extremamente eficiente.

b)

oferecem múltiplas dificuldades, pois a produção é de alto custo, sua implantação não gera empregos, e deve-se ter cuidado com o risco ambiental, pois eles oferecerem os mesmos riscos que o uso de combustíveis fósseis.

c)

sendo de segunda geração, são produzidos por uma tecnologia que acarreta problemas sociais, sobretudo decorrente do fato de a matéria-prima ser abundante e facilmente encontrada, o que impede a geração de novos empregos.

d)

sendo de primeira e segunda geração, são produzidos por tecnologias que devem passar por uma avaliação criteriosa quanto ao uso, pois uma enfrenta o problema da falta de espaço para plantio da matéria-prima e a outra impede a geração de novas fontes de emprego.

e)

podem acarretar sérios problemas econômicos e sociais, pois a substituição do uso de petróleo afeta negativamente toda uma cadeia produtiva na medida em que exclui diversas fontes de emprego nas refinarias, postos de gasolina e no transporte de petróleo e gasolina.

(1,0) 7 -

Diferente do que o senso comum acredita, as lagartas de borboletas não possuem voracidade generalizada. Um estudo mostrou que as borboletas de asas transparentes da família Ithomiinae, comuns na Floresta Amazônica e na Mata Atlântica, consomem, sobretudo, plantas da família Solanaceae, a mesma do tomate. Contudo, os ancestrais dessas borboletas consumiam espécies vegetais da família Apocinaceae, mas a quantidade dessas plantas parece não ter sido suficiente para garantir o suprimento alimentar dessas borboletas. Dessa forma, as solanáceas tornaram-se uma opção de alimento, pois são abundantes na Mata Atlântica e na Floresta Amazônica. 
Cores ao vento. Genes e fósseis revelam origem e diversidade de borboletas sul-americanas. 
Revista Pesquisa FAPESP. N° 170, 2010 (adaptado).

Nesse texto, a ideia do senso comum é confrontada com os conhecimentos científicos, ao se entender que as larvas das borboletas Ithomiinae encontradas atualmente na Mata Atlântica e na Floresta Amazônica, apresentam

a)

facilidade em digerir todas as plantas desses locais.

b)

interação com as plantas hospedeiras da família Apocinaceae.

c)

adaptação para se alimentar de todas as plantas desses locais.

d)

voracidade indiscriminada por todas as plantas existentes nesses locais.

e)

especificidade pelas plantas da família Solanaceae existentes nesses locais.

(1,0) 8 -

Moradores sobreviventes da tragédia que destruiu aproximadamente 60 casas no Morro do Bumba, na Zona Norte de Niterói (RJ), ainda defendem a hipótese de o deslizamento ter sido causado por uma explosão provocada por gás metano, visto que esse local foi um lixão entre os anos 1960 e 1980.
Jornal Web. Disponível em: http://www.ojornalweb.com. Acesso em: 12 abr. 2010 (adaptado). 

O gás mencionado no texto é produzido

a)

como subproduto da respiração aeróbia bacteriana.

b)

pela degradação anaeróbia de matéria orgânica por bactérias.

c)

como produto da fotossíntese de organismos pluricelulares autotróficos.

d)

pela transformação química do gás carbônico em condições anaeróbias.

e)

pela conversão, por oxidação química, do gás carbônico sob condições aeróbias.

(1,0) 9 -

Segundo dados do Balanço Energético Nacional de 2008, do Ministério das Minas e Energia, a matriz energética brasileira é composta por hidrelétrica (80%), termelétrica (19,9%) e eólica (0,1%). Nas termelétricas, esse percentual é dividido conforme o combustível usado, sendo: gás natural (6,6%), biomassa (5,3%), derivados de petróleo (3,3%), energia nuclear (3,1%) e carvão mineral (1,6%). Com a geração de eletricidade da biomassa, pode-se considerar que ocorre uma compensação do carbono liberado na queima do material vegetal pela absorção desse elemento no crescimento das plantas. Entretanto, estudos indicam que as emissões de metano (CH4) das hidrelétricas podem ser comparáveis às emissões de COdas termelétricas. 
MORET, A. S.; FERREIRA, I. A. As hidrelétricas do Rio Madeira e os impactos socioambientais da eletrificação no Brasil. Revista Ciência Hoje. V. 45, n° 265, 2009 (adaptado). 

No Brasil, em termos do impacto das fontes de energia no crescimento do efeito estufa, quanto à emissão de gases, as hidrelétricas seriam consideradas como uma fonte

a)

limpa de energia, contribuindo para minimizar os efeitos deste fenômeno.

b)

eficaz de energia, tomando-se o percentual de oferta e os benefícios verificados.

c)

limpa de energia, não afetando ou alterando os níveis dos gases do efeito estufa.

d)

poluidora, colaborando com níveis altos de gases de efeito estufa em função de seu potencial de oferta.

e)

alternativa, tomando-se por referência a grande emissão de gases de efeito estufa das demais fontes geradoras.

(1,0) 10 -

Os vaga-lumes machos e fêmeas emitem sinais luminosos para se atraírem para o acasalamento. O macho reconhece a fêmea de sua espécie e, atraído por ela, vai ao seu encontro. Porém, existe um tipo de vaga-lume, o Photuris, cuja fêmea engana e atrai os machos de outro tipo, o Photinus, fingindo ser desse gênero. Quando o macho Photinus se aproxima da fêmea Photuris, muito maior que ele, é atacado e devorado por ela. 
BERTOLDI, O. G.; VASCONCELLOS, J. R. Ciência & sociedade: a aventura da vida, a aventura da tecnologia. São Paulo: Scipione, 2000 (adaptado). 

A relação descrita no texto, entre a fêmea do gênero Photuris e o macho do gênero Photinus, é um exemplo de

a)

comensalismo.

b)

inquilinismo.

c)

cooperação.

d)

predatismo.

e)

mutualismo.

Marcadores

Prova ENEM - Ciências da Natureza e suas Tecnologias - Biologia (ENEM) 5 - Questões e Simulados - Marcador Verde Favorita
Prova ENEM - Ciências da Natureza e suas Tecnologias - Biologia (ENEM) 5 - Questões e Simulados - Marcador Azul Dúvida
Prova ENEM - Ciências da Natureza e suas Tecnologias - Biologia (ENEM) 5 - Questões e Simulados - Marcador Amarelo Acompanhar
Prova ENEM - Ciências da Natureza e suas Tecnologias - Biologia (ENEM) 5 - Questões e Simulados - Marcador Vermelho Polêmica
Prova ENEM - Ciências da Natureza e suas Tecnologias - Biologia (ENEM) 5 - Questões e Simulados - Marcador Laranja  Prova ENEM - Ciências da Natureza e suas Tecnologias - Biologia (ENEM) 5 - Questões e Simulados - Adicionar

Meus Marcadores

Fechar
508.025 Alunos | 4.244 Simulados | 47.286 Questões | 12.846 Comentários

Copyright © Simulado Brasil Concurso - 2011 - 2018 - Todos os direitos reservados.

⇑ topo